Mais outra, Ventor!

publicado por Quico, Ventor e Pilantras às 23:08