O Ventor, mesmo arrastando-se, não para. Diz que, por isso, tem uma capa como a do São Martinho. Mas castanhas e água-pé, ele não esquece. São as raízes. E eu que o diga, pois tenho de o aturar!

**********************************

Eu sou o o Pingas, o cisne amigo do Quico e do Ventor. Agora, sem o Quico, estarei por aqui, a tentar animar o Ventor

********************************************

sinto-me: na espectativa
música: My Sentimental Friend
publicado por Quico, Ventor e Pilantras às 23:32